top of page
  • Writer's pictureGalvani & Cipriani

Quero sair do Brasil e morar na Itália - veja como a cidadania italiana pode te ajudar! | Galvani

Updated: Feb 16

Cerca de 25 milhões de brasileiros tem direito a cidadania italiana e não sabem! Saiba como obter o reconhecimento e morar na Itália e outros países europeus de forma legal.

Morar na Itália | Galvani & Cipriani Cidadania Italiana

Você está buscando uma nova vida em outro país? Onde possa ter mais oportunidades de trabalho, acesso a educação, saúde e mais segurança?


Este é o sonho de muitos brasileiros, que muitas vezes se encontram sem esperanças e cansados de tanto esperarem por um futuro melhor e mais estável no Brasil. É comum ouvir argumentos como: "Eu quero mais qualidade de vida!" ou "Procuro mais segurança para a minha família" ou ainda "Quero ter um maior poder de compra com o meu salário".


Os motivos são muitos, e hoje vamos falar um pouco sobre os principais deles que levam muitos brasileiros a quererem morar fora do Brasil, e ao final vamos te mostrar como é possível morar na Itália ou em outros países da Europa de forma legal através do processo de reconhecimento da cidadania italiana, documento do qual aproximadamente 25 milhões de brasileiros tem direito e muitas vezes nem sabem!


Neste Artigo você vai ler sobre:

 


Poder de compra na Itália.

É certo que o real é uma das moedas mais desvalorizadas do mundo e somado a alta da inflação nos últimos anos, isso resulta em uma perda do poder de compra do brasileiro, que também já não tem o salário mínimo reajustado acima da inflação desde 2020.


O poder de compra, é exatamente este balanço entre a valorização da moeda, o salário mínimo e a inflação de um país, ou seja, o preço das coisas. Para efeito de comparação, um salário mínimo brasileiro foi de R$ 1.212,00 em 2022 enquanto o salário mínimo na Itália foi de 1.100,00 € (R$6.147,26 na cotação de 16/11/2022).


Enquanto no Brasil, a compra dos itens básicos do mês correspondem a até 65% do salário mínimo a depender da inflação de cada estado, na Itália uma compra similar representa cerca de 15% do salário mínimo. Vale ainda ressaltar, que enquanto no Brasil cerca de 40% dos brasileiros sobrevivem com até um salário mínimo, na Itália somente 7% da população recebem até um salário mínimo, a maioria chega a ganhar de 1,5 a 3 salários mínimos.


Segurança na Itália.

Outro fator que leva muitos brasileiros a abandonarem o seu país e buscarem uma nova vida na Europa, é a questão da segurança.


O GPI (Global Peace Index) é um índice internacional que mede o nível de segurança dos países com base na avaliação dos conflitos externos, internos, criminalidade, estabilidade política e indicadores de tranquilidade social.


Na última década, a Itália sempre esteve entre os 50 países mais seguros do mundo, e na avaliação de 2022 apareceu em 32º lugar, enquanto o Brasil amargou no 130º lugar, próximo de países como Venezuela, Palestina, Cuba e Nicarágua.


Outros países da Europa, do qual a cidadania italiana dá direito de morar através do tratado de Schengen , também aparecem entre os mais seguros do mundo.

Espanha

29º Lugar

Bélgica

22º Lugar

Alemanha

16º Lugar

Portugal

6º Lugar

O Tratado de Schengen permite a livre circulação de pessoas, bens, serviços e valores por 26 países da Europa. Isso significa que todo e qualquer cidadão legal dos países participantes do acordo, podem viajar, trabalhar e morar nesta zona de livre circulação.


Morar na Itália | Galvani e Cipriani Cidadania Italiana


Qualidade de vida na Itália.

A Europa possuí diversos países com altas pontuações nos índices de qualidade de vida, isto porque além do maior poder de compra, que garante a maioria dos cidadãos oportunidade para investir no lazer, a qualidade e variedade dos meios de transporte também colaboram para um deslocamento seguro e acessível por toda a Europa e pelo mundo.


Além disso, o passaporte europeu é uma verdadeira chave de ouro, garantindo entrada livre de visto em diversos países do mundo, ou seja, é muito mais fácil e barato viajar pelo mundo, sendo um cidadão europeu.


RANKING MUNDIAL DE QUALIDADE DE VIDA

​Itália

​36º Lugar

​Alemanha

8º Lugar

Portugal

​25º Lugar

Brasil

67º Lugar

O Ranking é medido levando em consideração fatores como segurança, saúde, custo de vida e indicador de clima e poluição. Confira a lista completa clicando aqui.


Oportunidades de trabalho na Itália.

A Itália é um dos países com o menor índice de desemprego do mundo, e muitos brasileiros que já possuem ou estão no processo de cidadania, sonham em trabalhar neste país europeu.


Na Itália, a faixa salarial média (diferente do salário mínimo), gira em torno dos 1.400 euros mensais (Aproximadamente R$8.500,00), e na maioria das empresas este pagamento ocorre dividido, de forma quinzenal. É comum também, principalmente em grandes empresas, que ocorra o pagamento de um 14º salário no meio do ano.


Para brasileiros que possuem a cidadania Italiana, a busca por emprego é mais fácil, já que estando de forma legalizada no país é possível encontrar melhores oportunidades.


Os cargos com alta demanda de trabalho na Itália são: profissionais da saúde e técnicos laboratoriais, profissionais de T.I., gerente de vendas, contadores, gestores administrativos, profissionais home-care para idosos, trabalhadores da construção civil e operários industriais.


Custo de vida na Itália.

Enquanto no Brasil muitas pessoas tem que equilibrar as contas no fim do mês, na Itália é bem mais tranquilo dar conta de todas as obrigações financeiras e ainda conseguir guardar ou investir parte do seu salário mensalmente.


Não é que você vai ficar rico simplesmente vindo morar na Itália, isso pode acontecer, mas assim como em qualquer lugar no mundo irá depender do seu esforço e das oportunidades que aparecerem. Mas mesmo uma pessoa ganhando um salário mínimo, ela consegue ter condições de viver dignamente na Itália.


🏠 Aluguel: O aluguel de imóveis na Itália varia de acordo com a cidade e proximidade ao centro. Na região central das principais capitais o valor pode variar de 800 a 1.500 euros por um apartamento pequeno. Já em pequenas cidades você consegue encontrar uma casa simples a partir de 200 euros.


🍕 Alimentação: Na Itália é possível comer bem pagando pouco, com cerca de 150 euros é possível fazer uma boa compra do mês para uma pessoa.


💲Contas mensais: Além de água, luz, gás e internet, na Itália paga-se também uma taxa para o recolhimento do lixo. Os gastos mensais de uma pessoa giram em torno 150 euros com essas contas básicas.


Saúde na Itália.

A Itália possui um sistema de saúde similar ao do Brasil, que lá é chamado de SSN, sigla para Servizio Sanitario Nazionale (Sistema Nacional de Saúde). Tem direito ao SSN todo e qualquer cidadão Italiano, isso também inclui brasileiros contemplados com a cidadania Italiana, mas é preciso realizar um cadastro antes.


Mesmo que você ainda não tenha finalizado o processo da sua cidadania, é possível (e recomendado) que você se cadastre no SSN. Para isso é necessário se dirigir até Azienda Sanitaria Locale (Agência de Saúde Local) da cidade onde você está instalado, e solicitar a sua tessera sanitaria, uma espécie de carteirinha do SUS.


Na Itália, todo atendimento considerado de urgência e emergência é coberto pelo SSN, mas as consultas com especialidades médicas são cobradas a parte, um valor que gira em torno de 25 euros por consulta.


Como a cidadania italiana pode me ajudar a sair legalmente do Brasil?

Se você chegou até aqui, é porque realmente está interessado(a) em dar o pontapé inicial na sua nova vida fora do Brasil. Tenha em mente, que o processo de sair do Brasil e iniciar a vida em um novo país não é fácil, mas os benefícios superam as adversidades, e fazem o esforço valer a pena, vamos lá?


O primeiro passo, é saber se você tem direito ao reconhecimento da cidadania italiana, que é uma decisão judicial que vai conferir ao cidadão brasileiro o reconhecimento de cidadania via sanguínea, ou seja, não importa o quão distante é o seu ascendente italiano, e nem se você carrega um sobrenome italiano. O que importa é que você consiga comprovar a sua ligação genealógica com o ascendente italiano da família.


Morar na Itália | Galvani & Cipriani Cidadania Italiana

Você sabia? Entre 25 e 30 milhões de brasileiros tem direito ao reconhecimento da cidadania italiana, e a maioria não faz ideia disso!


Se você tem direito a obter o reconhecimento da cidadania italiana, resta agora escolher por meio de qual processo irá tramitar a sua solicitação. Conheça os principais:


Via consulado no Brasil: Você entra na fila do consulado com a documentação necessária solicitando o reconhecimento. Embora seja mais barato, não recomendamos muito este meio, visto que pode levar até 10 anos para o seu processo ser julgado.


Via Itália: O requerente fixa residência e realiza o processo via comune (prefeitura) local. Costuma levar em média de 2 a 3 meses.


Via Judicial: O requerente não precisa sair do Brasil, todos os trâmites são feitos pela assessoria da Galvani via procuração. Costuma levar em média 2 anos.


Via processo contra a fila do consulado: O consulado Italiano no Brasil demora cerca de 10 anos para julgar o reconhecimento, neste caso o requerente pode entrar com um processo na justiça italiana contra este tempo absurdo, conseguindo reconhecer sua cidadania mais rápido através da corte italiana. O processo costuma levar de 2 a 3 anos e o requerente não precisa sair do Brasil.



Vou perder meus direitos brasileiros ao ser reconhecido como cidadão italiano?

Se a sua preocupação é perder a sua nacionalidade e direitos brasileiros por conta de uma nova cidadania, pode ficar tranquilo(a)!


O reconhecimento da cidadania italiana, apenas soma a sua cidadania brasileira, ou seja, você passa a ter dupla cidadania e garantia de todos os direitos de um cidadão brasileiro e italiano.


Ao se tornar um cidadão italiano, você não perde a sua nacionalidade brasileira e não precisa se mudar para a Itália se não quiser, mas caso queira ou precise, você terá o direito legal de residir, trabalhar e estudar não só na Itália, mas em qualquer um dos 26 países pertencentes ao espaço Schengen.


 

A Galvani & Cipriani é uma empresa familiar, que nasceu (e se mantém) com o propósito de auxiliar as pessoas a desburocratizar o seu processo de reconhecimento da Cidadania Italiana, isso através de serviços humanizados, personalizados, bem orientados e, o mais importante: com pessoas de confiança!


Já são mais de 3 anos de experiência, 350 Cidadanias reconhecidas e mais de 10.000 serviços realizados (traduções, buscas, pesquisas, dentre todos os outros serviços que oferecemos).


Antes de profissionais somos uma família e faremos de tudo para te ajudar a resgatar as origens da sua também! Entre em contato conosco, tire suas dúvidas!



8,273 views0 comments
bottom of page